Avaliação/Prescrição

O principal objetivo dos CRTIC é a avaliação de alunos com NEE que necessitam de Produtos de Apoio para aceder ao currículo, a fim de garantir a inclusão educativa desses alunos.
Os docentes que tenham alunos que necessitem de tecnologias de apoio, devem preencher a ficha de pedido de avaliação e enviá-la para o CRTIC.
A esta ficha, devem anexar documentação relevante para o processo, nomeadamente, relatórios clínicos existentes no processo do aluno e o Programa Educativo Individual.
Os Pais e/ou Encarregados de Educação devem preencher a ficha de autorização para avaliação/deslocação ao CRTIC.
O CRTIC, depois de receber o referido pedido, prepara a avaliação que pode ser, quando necessário, complementada, por outros profissionais e/ou serviços técnicos.
A avaliação decorre na escola do respetivo aluno e caso necessário, nas instalações do CRTIC.
Após efetuada a avaliação do aluno é elaborado o relatório de avaliação, do qual consta a descrição sucinta do processo de avaliação e a recomendação das tecnologias de apoio consideradas mais adequadas, tal como as ferramentas livres que poderão ser úteis ao aluno/criança.
Posteriormente, caso sejam prescritas tecnologias de apoio, é feito o registo dos dados do aluno e a prescrição de tecnologias/ produtos de apoio na plataforma online SAPA (de acordo com a Lista Homologada de Produtos de Apoio e as Normas de Procedimentos SAPA). A validação é da responsabilidade da DGE.
Quando as tecnologias são validadas e financiadas pelo MEC, o CRTIC colabora/articula com a escola/família na sua aquisição, prestando aconselhamento e apoio. Procede de igual modo a uma monitorização da sua utilização.